As Horcruxes de Voldemort e as Relíquias da Morte

O sétimo, e penúltimo, longa da fraquia Harry Potter traz uma trama repleta de mudanças drásticas. Os perigos são iminetes, grandes amigos foram perdidos, Voldemort está cada vez mais forte. Sabemos que a tensão é crescente ao longo de toda a saga, contudo, afirmo com segurança que “Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1” tem a história mais sombria e adulta desde a primeira aparição do jovem bruxo nos cinemas.

A atmosfera deste filme faz lembrar um thriller de conspiração (como a série Bourne). Todo o desenrolar da trama tem um tom de clandestinidade. Podemos notar isto logo nos primeiros minutos quando Harry foge com os membros da Ordem da Fênix e para despistar seus inimigos se disfarça entre seus amigos com a poção polissuco, na tentativa de evitar a morte de Harry.

A batalha final contra Voldemort se aproxima e para vencer, Harry  e seus amigos, devem destruir as outras Horcruxes. E no meio dessa busca descobrem a existência de três artefatos conhecidos como as Relíquias da Morte, que juntos fazem do seu possuidor o Senhor da Morte.

Os momentos de alívio cômico, muito comuns nos filmes anteriores, estão bastante reduzidos aqui. O clima de inseguraça é constante. Poucas pessoas são confiáveis. A influência de Voldmort alcançou até mesmo o Ministério da Magia. Durante toda a trama tememos pela vida de Harry, Rony e Hermione que são perseguidos por Voldemort e seus seguidores.

Momentos como a morte de Alastor “Olho-Tonto” Moody, diálogos mais densos e a atmosfera de suspense presente neste longa revelam que as franquia H.P veio amadurecendo ao longo dos anos, assim como seus fãs.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s