Conheça o documentário “Three Days In Auschwitz”

O documentário independente “Three Days in Auschwitz“, produzido por Philippe Mora e o músico Eric Clapton, ganhou dada de lançamento para 9 de Setembro na América do Norte, através da empresa Vision Films, conforme fora informado ao site Variety.

Originalmente lançado na Austrália, o documentário é feito por Mora, e ele mesmo foi um sobrevivente da segunda geração do holocausto, que perdeu sua família para os Auschwitz. Por muitos anos, ele não sabia o papel que seu pai tinha desempenhado na Resistência Francesa e a história de como sua mãe evitou uma morte certeira nos campos de concentração.

No filme, ele procura pessoas que tenham vivido os horrores de tais campos e descobre que sua própria vida poderia ter terminado antes de sequer ter nascido. Clapton co-produziu, compôs e executou a trilha original, que ainda não está à venda e só pôde ser ouvida através do filme.

“Achei que seria melhor fazer um filme bem pessoal, para que as pessoas pudessem se confraternizar com ele. Preferi isso a um documentário objetivo, o qual julgo ser impossível”, disse Mora.

Em seus créditos, estão inclusos “Howling II & III”, “Death of a Soldier”, “Brother Can You Spare A Dime”, “Swastika” e “Mad Dog Morgan.”

O filme será lançado em diversos mercados em 9 de Setembro, junto com um lançamento em DVD e Vídeo sob Demanda. A filmagem também contará com uma seleção de curtas feitos por Mora, os quais são “Monsieur Mayonnaise” e “German Sons”, além de um bate-papo de perguntas e respostas.

Confira o trailer do documentário:

Fonte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s