A persistência e sobrevivência de “O Regresso”

Atenção: este texto CONTÉM SPOILERS do filme “O Regresso”.

Quando você está disposto a assistir um filme baseado em fatos reais, várias coisas passam por sua mente: se aquilo de fato aconteceu, se o evento foi retratado da maneira certa e mais verossímil possível… no caso de “O Regresso”, o diretor mexicano Alejandro Iñarritu encarou um desafio, no mínimo, atípico. A trama é inspirada na história do explorador e vendedor de peles de animais norte-americano Hugh Glass. Pouco se sabe sobre a vida de Glass de maneira documentada, o que abre espaços para lendas. E esse é um personagem lendário, como veremos mais para frente. Iñarritu, que junto com Mark L. Smith assinaram o roteiro do longa, teriam então de usar a verossimilhança possível e tornar as lendas e mitos em torno de Glass em uma biografia; algo que não ficasse fantasioso e nem “mentiroso”. Porém, mesmo com esse empecilhos, eles conseguiram.

o2bregresso

Para encarnar o personagem principal, Leonardo DiCaprio era o homem certo. Um ator que realmente se entrega na atuação e pesquisa do papel, sem falar de sua ligação muito forte com temas ambientais. Isso é algo que já fica evidente nas primeiras cenas do filme, com a câmera acompanhando um riacho até o acampamento onde Glass e seu filho estão com outros vendedores de peles de animais. Percebe-se também que o início do longa é em passo acelerado: com lutas, tiros disparados e mortes. Um detalhe que chama atenção é a incrível fotografia do longa, que realmente te coloca “no meio do combate”, mas não só nos momentos de ação. Quando tudo está calmo e aparentemente tranquilo, o posicionamento da câmera dá o tom das emoções dos personagens e do que está por vir.

maxresdefault

Desde o começo, o personagem de DiCaprio é testado na trama. O acampamento onde estavam é atacado por indígenas rivais que roubam suas peles. Glass é o guia da expedição e traça uma rota diferente e mais desafiadora. Ao patrulhar a área contra os índios, Glass avista dois bebês urso. E na cena que para muitos já é um clássico do cinema e rendeu vários memes, Glass luta pela sua vida contra o urso pardo. Ele consegue matar o animal, mas fica agonizando. A persistência e a sobrevivência são as grandes marcas deste filme. O personagem principal vê seu único filho ser morto na sua frente por um companheiro de viagem sem poder fazer nada; absolutamente nada. E ainda é enterrado vivo pelo assassino. Vale ressaltar também a grande atuação de Tom Hardy como o inimigo de Glass, John Fitzgerald. Ele não é aquele típico “cara mau”, está mais para uma pessoa com vontade de sobreviver em uma atmosfera hostil e que não mede esforços, deixando os escrúpulos de lado para alcançar isso.

o-regresso-leonardo-dicaprio

Um filme com poucas falas e conversas, mas em que as ações e expressões dos personagens falam por si só. O que fica claro é que esse foi o trabalho mais refinado, bem trabalhado e esforçado, tanto do diretor Iñarritu quanto o de Leonardo DiCaprio. Pode se questionar que depois do passo acelerado no começo da película, ela perde um pouco de seu ritmo. Entretanto, isso faz parte da jornada de perseverança e sobrevivência de Hugh Glass, que além dos problemas supracitados, fugiu de um grupo de contrabandistas franceses a cavalo e caiu em um precipício. Então, dormiu dentro de seu cavalo morto para não morrer de frio; comeu carcaça de bisão; ajudou e foi ajudado por indígenas… Tudo isso para chegar na estalação onde o general que comandava sua expedição se encontrava e buscar vingança contra John Fitzgerald (Tom Hardy), algo que ele finalmente consegue, porém deixando a natureza fazer a sua parte. Um filme que merece o Oscar para o seu diretor, seu ator no papel principal e para o responsável pela fotografia (Emmanuel Lubezki). Um longa que mostra que perseverar pela sobrevivência é algo da natureza humana.

o-regresso-crc3adtica

Pedro Franco é estudante de Jornalismo na FPG e também  escreve para o portal The Playoffs. Seu Twitter é @pedroxfranco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s