Atentados ameaçam festival internacional de cinema

Pelas próximas semanas, o Festival Internacional de Filmes de Bruxelas (BIFFF) encara um futuro incerto. Graças aos ataques terroristas pela manhã à capital belga, as explosões e mortes já reivindicadas pelo Estado Islâmico ameaçam a 34ª edição do evento, que ainda está marcado para acontecer no dia 29 de março. Nele, ocorreria a estreia do filme Orgulho e Preconceito e Zumbis.

Tudo se intensificou ainda mais explosões aconteceram e o diretor do festival, Guy Delmote, admitiu que o evento encara um futuro incerto. Em uma entrevista com o site de notícias ScreenDaily, ele disse: “Mal conseguimos acreditar nisso. Estamos todos muito tristes por todos que morreram hoje. Não sabemos o que acontecerá nos próximos dias em relação ao festival, mas também não queremos desistir.”

O aeroporto principal da cidade de Bruxelas e o sistema inteiro de transporte foram fechados. A Bélgica colocou o alerta terrorista em nível máximo. Os ataques ocorreram exatamente quatro dias depois de Salah Abdeslam, um dos principais fugitivos do ataque de novembro a Paris, ter sido detido em Bruxelas.

“Talvez eles decidam fechar o local, não sabemos”, disse Delmote, “Estou entrando em contato com a segurança, então precisamos esperar. Não posso dizer nada com certeza no momento”. O diretor também disse que este poderia significar o fim do evento, já que o mesmo levou muito tempo e dinheiro para acontecer, algo que pode afetar bruscamente aqueles que estiverem participando.

Fonte da notícia
Imagem: Jornal El País/Nicolas Maeterlinck

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s