Brasileiros acham mulher brasileira mal representada no mercado audiovisual, aponta estudo

Por: Caique Lopes

World Childhood Foundation USA Symposium In Partnership With Inwood House

Uma pesquisa realizada em dezembro do ano passado pelo Geena Davis Institute on Gender in Media, ONG criada em 2007 pela atriz e produtora Geena Davis para avaliar a representação feminina na industria do entretenimento, destacou que entre dois mil entrevistados 73% consideram que a mulher é representada de forma bastante sexualizada no mercado audiovisual brasileiro.Enquanto 51% dos participantes acreditam que a TV e o cinema incentivam o assédio, 69% dizem ver as mulheres sendo mostradas de forma muito tradicional nesses meios (como donas de casa ou simples esposas).

Esse levantamento foi realizado em algumas das maiores metrópoles brasileiras. Vale acrescentar que 75% dos entrevistados acreditam que filmes e novelas são importantes formadores de opinião, e 25% das mulheres afirmam que saíram de relacionamentos violentos devido a influência de personagens femininas fortes.

Segundo Geena Davis o Brasil faz parte do grupo de países que é acompanhado de perto pela instituição por ser um grandes mercados do entretenimento televisivo do mundo.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s